Domingos Sávio Baião

Coluna do Domingos Sávio Baião

Veja todas as colunas

Série A dividida em dois grupos

Segundo turno pode mudar muita coisa

04/10/2017 às 12:56

Observando a tabela de classificação da série A do Brasileirão, nota-se claramente a divisão de dois grupos. O primeiro, formado pelas equipes que ocupam as sete primeiras posições, e o segundo, pelas equipes que vão da 8ª à 20ª posições, conforme pode ser verificado na tabela de classificação anexa. Claro que eu poderia considerar o Corinthians isolado e fora do primeiro grupo, colocando-o como franco favorito ao título, mas, em razão dos últimos resultados, com queda de produção do líder, não posso deixar de acreditar na possibilidade, ainda que remota, de que Santos e Grêmio ainda lutem pelo título, mas vejo com muita dificuldade qualquer outra equipe.

Para separar os grupos, estou levando em conta o distanciamento em pontos entre as equipes. Vejam que o sétimo colocado, Flamengo, soma 39 pontos, e o oitavo, Atlético-PR, 34, uma distância considerável de cinco pontos. Maior que a diferença entre o próprio Furacão e o Sport, primeiro da zona de rebaixamento, com 30 pontos. Bom lembrar que são seis vagas oficiais do Brasileirão para a Libertadores e, como o Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, está no G6 e com vaga garantida para a principal competição sul-americana, abre-se vaga para um sétimo da série A, pelo menos no momento, e este seria o Flamengo. Os registros acima levam a concluir pela possibilidade de que os sete primeiros colocados estejam classificados para a Libertadores de 2018, mas não é para a turma de baixo desanimar, pois muita coisa está em jogo ainda.

Primeiro, a possibilidade de mais duas vagas na Libertadores, caso Grêmio seja o campeão da competição neste ano e que o Flamengo venha conquistar o título da Copa Sul-americana. Assim, o G6 da Libertadores, que já está formatado como G7, pode virar G8 ou G9 e, para esta briga, vejo apenas Coritiba e Atlético-GO mais distante. Todas as outras 11 equipes têm chances. Não posso descartar ainda uma reviravolta na reta final da competição, com troca de uma ou duas equipes que estão no G7 por equipes que estão abaixo, pois o segundo turno da competição tem sido muito diferente do primeiro, conforme pode ser visto em tabela de classificação somente no segundo turno anexa a este artigo.

Importante salientar que o segundo grupo, formado por 13 equipes, luta também contra o rebaixamento. Não dá para aliviar quem tem 34, caso dos dois Atléticos, Mineiro e Paranaense, de quem tem 30 e estão na zona de rebaixamento, casos de Sport e Avaí. Não dá também para afirmar que o Atlético Goianiense, com apenas 25 pontos, não possa salvar da degola até o final da competição, em razão da ótima campanha que a equipe faz no segundo turno. As quatro equipes que estão imediatamente acima da zona de rebaixamento somam 31 pontos cada, muito próximas dos números da degola. Então, a luta será acirrada nesta reta final de Brasileirão, com lutas pelo título, pelas vagas na Libertadores e contra a degola, sem considerar as vagas para a Copa Sul-americana, que são consequentes e não analógicas.

E o América? 

Depois de assumir a liderança na Série B, o América teve uma queda de produção, com uma sequência de resultados negativos. Enquanto isso, o Internacional disparou e foi buscar o topo da tabela. Já no inicio da 28ª rodada, Paraná e Ceará venceram e o América caiu para quarta posição. Como Villa Nova e Juventude perderam, não há risco de o Coelhão sair do G4 até o final da rodada, mas trazer três pontos no sábado será importante para reduzir o sufoco e o risco de sair da zona de classificação nas próximas rodadas. Não vejo razão para o América se preocupar com o Inter, até porque os objetivos das duas equipes são distintos. A equipe gaúcha tem obrigação de conquistar o título, enquanto o América quer mesmo é voltar à divisão de elite. De toda forma, a tabela de classificação anexa mostra preocupação em relação as pretensões americanas, pois tem muita gente se aproximando do G4. A pontuação do América, que era folgada nas últimas análises aqui postadas, alterou significativamente. É bom o Coelhão não descuidar.

 

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Relatório da PF aponta 43 chamadas telefônicas entre Aécio e Gilmar Mendes: https://t.co/Kov1KT058X https://t.co/0ZXl0wlRjV

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Com câncer de próstata, Mister M pede dinheiro a fãs brasileiros para fazer cirurgia: https://t.co/kb5ZWUnztQ https://t.co/hJA5pd98qZ

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Senadores tucanos pressionam Aécio contra situação provisória no partido: http://bit.ly/2yTYE3O

    Acessar Link